terça-feira, 22 de novembro de 2011

Barulho e música

Barulho é música? Quem pode me dizer se barulho é. Música?
E se as falas das pessoas falando forem. Canções?
Velhas orelhas ouvem o rock e dizem:
— Essa barulheira infernal não é. Música.
Abaixe o volume! — berram as orelhas velhas.
Mas não dá pra passar a vida ouvindo só canções de ninar.
E se os carros nas ruas forem tão bons compositores quanto o vento nos bambus?
E os sabiás? Música. Pode ser feita por alguém mas também se faz.
Um compositor chamado John Cage disse: "Os sons que a gente ouve são. Música".
O que a lavadeira faz com as roupas no tanque. O que o guarda noturno faz com seu apito.
O que os dentes fazem com a batatas chips dentro da cabeça. O que fazem a chuva, o mar, a televisão, os passos, o piano, as panelas, os relógios. Tic tac tic tac. O coração. Bom bom bom bom. Uma música que não é brasileira, nem americana, nem africana, nem de nenhuma parte do planeta porque é. Do planeta todo. Fechando os olhos fica mais fácil da gente escutar. Ela.


Arnaldo Antunes