quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Fragmentos


1

Um ano passou; mas ela pensa
no próximo, sabendo que, daí a um ano,
outro ano terá passado, para que ela
volte a pensar no próximo.



2

O cão não sai do seu colo
para não ter de a obrigar a pensar
na solidão que sentiria se o
cão levasse a sua alma
para a rua.



3

O papagaio espera que ela
diga a palavra que ele irá repetir; mas
ela prefere o silêncio, e o papagaio
obedece-lhe, repetindo
o seu silêncio.



4

A guitarra espera por alguém
que não chegará. E a sua música
solta-se dos dedos de ninguém,
fazendo-a sorrir, como se a música
nascesse de nada.


Nuno Júdice