quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Ternura-Menina

stas gordienko



Saudade,
ternura-menina,
lua cheia sobre o mar.

Navego no seu quebranto,
sem vontade de voltar.



Helena Kolody