terça-feira, 9 de outubro de 2012

" Curiosidade "

stas gordienko


 
Gostaria de saber como e onde me encontras
agora que há tanto tempo não existimos...
....................................................................................

(por um momento ficam turvos
teus olhos,
te ausentarás do mundo que te cerca
sem saberes dizer se és feliz ou infeliz?...

Ou me encontras, e passas...
Passas, e cumprimentas, e te vais,
e sorris?...)


  JG de Araújo Jorge 
("Os Mais Belos Poemas Que O Amor Inspirou"
Vol. III -  1a edição 1965 )